ARTISTAS


ADAN L. MARINI
Desenha desde que se conhece por gente e atualmente é sócio do Estúdio de Criação e Planejamento Jamwork, onde desenvolve peças gráficas, marcas, storyboards e ilustrações para campanhas publicitárias. Seus gostos por filmes e histórias em quadrinhos se confundem entre hobby e profissão. Participou dos quadrinhos da revista Stigma (2001) e com o Tesla em Narrativas Perdidas (2010),  Dies Irae (2014/2016), Aka e as Lutas Bestiais (2015), e Os Novos Atlantes (2017).

FRANK TARTARUS 
Ilustrador autodidata que se tornou roteirista porque não tinha ninguém interessado em escrever algo para ele desenhar. Passou por alguns zines até se juntar com o pessoal do Tesla para desenvolver Narrativas Perdidas (2010), Dies Irae (2014/2016), Aka e as Lutas Bestiais (2015), e Os Novos Atlantes (2017).

LUCIANA LAIN
Estudante de Design pela Universidade de Caxias do Sul. Trabalhou com design editorial na revista O Caxiense e na seção HQCX desta. Seu gosto por arte, desenho, fotografia e animação sempre a levou a desenvolver projetos paralelos como o Tesla. Dentro do Tesla trabalhou na arte para Narrativas Perdidas (2010) e nas cores de Dies Irae (2014/2016).






THIAGO DANIELI
Faz rabiscos desde quando a raça humana não era dominada pelas máquinas... Opa, essa é outra história. Começou cursando a faculdade de Publicidade e Propaganda, porém, com o decorrer dos anos, trocou de curso e acabou se formando em Licenciatura em Artes Visuais. Por conta disso, nunca separou desenho de arte. Participou de projetos de quadrinhos como Stigma e, dentro do Tesla, ilustrou Narrativas Perdidas (2010), Dies Irae (2014/2016) e Aka e as Lutas Bestiais (2015).



RAFAEL RODRIGUES 
Graduado em Filosofia e especialista em Neurociências da Linguagem, atua como redator publicitário, revisor de textos, roteirista de quadrinhos e divulgador científico. Escreve sobre quadrinhos e terror para os sites Melhores do Mundo e Dínamo Estúdio, e sobre ciência e filosofia para o blog português Astropt. Em 2001 publicou quadrinhos de forma independente pelo grupo Stigma e em 2015 escreveu o quadrinho Jackpot – Hoje é domingo e amanhã é feriado, projeto do artista Guilherme Balbi. Além disso, participou de diversos bate-papos e palestras sobre os assuntos citados. No Tesla, escreveu e fez letramento para Narrativas Perdidas (2010), Dies Irae (2014) e Quaestio (2018).



WAGNER CARSTEN
Ilustrador, artista conceitual e quadrinista, trabalha também com arte editorial para livros, colecionadores e empresas. Foi integrante do grupo Stigma (2001) de Caxias do Sul e atua com o Tesla desde 2016. Entre seus trabalhos mais recentes estão artes para o livro O Corvo Negro, My Level Magazine, O Trem do Papai Noel (de José Clemente Pozenato) e Os Novos Atlantes.
Fan page
Interaja com o estúdio: